Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Conversas de 3 não são a 4

Conversas de 3 não são a 4


Mulher é bicho!

por Meninas Mulheres - M.M., em 28.09.15

35.jpg

Esta é uma expressão muito próxima. 

 

Somos de facto dotadas de uma complexidade, às vezes, não tanto deliciosa...

 

Escreve-se tanto sobre como entender as mulheres, que tenho quase a certeza que os homens não lêm patavina.. Quem lê são as mulheres (à sucapa) para entenderem  a concorrência!

 

Sim, mulher que tente estar ao nível da "outra" ( que pode passar por cunhada - as fatídicas - até à colega de trabalho)... É tipo olho de águia com o coelhinho.. Enquanto não for devorado não há descanso!

 

Tem de haver sempre uma mais e uma menos e que a menos nunca aspire a ser mais, porque senão passa de amiga a ALVO A ABATER!

 

Ser homem é ser melhor pessoa.

 

Não gostava de ser homem... Bem.. Nem sempre, nem nunca, portanto, sim, às vezes até gostava para DESCANSAR! O cérebro.

 

Vá... Batam-me a teclar!

 

M.M.


Devia dizer, maridão, mas onde está a intuição dele????

por Meninas Mulheres - M.M., em 28.09.15

C:\Users\8896\Desktop\Fotografias\BLOG\22.jpg

 

 Quando reparei, vi-me a apelar ao sentimento às M.M.´s!

 

- Esta semana vou andar mais sensível. Como a próxima. Avizinha-se a "tal" situação complicadita e preciso do V/ mimo. Dão-me? - perguntei eu às meninas ao telemóvel.

 

Desde então, as mensagens e telefonemas tâm caído que nem ginjas e ando com um forte suporte emocional.

 

Depois, lá está, a conduzir, lembrei-me :" Mas eu não deveria dizer isto, também, ao maridão?"

 

Não, não devia, porque é assim: conhece-me super bem, sabe de tudo o que passo, passarei e passou e hei-de passar, portanto, deverias saber que tens que andar comigo "nas palminhas".

 

Mas se fosse AO CONTRÁRIO eu andaria e não era preciso dizer, absolutamente, nada!

 

 

M.M.

 

 


Largar bagagem... Larguei e depois?!

por Meninas Mulheres - M.M., em 17.09.15

34.jpg

 

Não sei se é um verbo comum à maioria das mulheres, penso que não, mas vou falar hoje, um bocadinho apenas, para exorcizar do CONTROLAR.

 

No outro dia, num dos deliciosos e inspiradores cafés da manhã, uma querida amiga disse-me:

 

 

"- Larga bagagem. Já viste que não controlámos nada?! Já viste a história da minha vida? Eu, simplesmente, não sei se vou ter o dinheiro necessário para a segurança social no final do mês, não sei se vou levar esta gravidez até ao fim, não sei. Todos os dias, acordo e peço-Lhe, só mais um dia e quando adormeço, agradeço esse dia!...."

 

Parece tudo tão simples, e é.

 

De facto!

 

Desde aí tenho feito esse exercício do LARGAR BAGAGEM e tentar perceber o que não consigo controlar e a minha presunção sempre pensou controlar. Fecho os olhos e entrego-me. 

 

Não há outra forma, realmente! 

 

É só desgaste emocional e desnecessário.

 

Tenho Himalaias para aprender. 

 

Eu nunca controlei, de facto, aquilo que sempre pensei controlar, mas a falsa ilusão dá uma sensação ( também ela falsa) de calma e de terreno  pouco pantanoso. 

 

Ter essa consciência, assusta, angustia, mas é libertadora. 

 

Entrego-me.

 

Sabem do que escrevo?

 

Beijinhos

 

M.M.

 

 


Eu penso que os homens perdem esta noção!

por Meninas Mulheres - M.M., em 08.09.15

32.jpg

 Aprendi, ainda solteira, esta máxima por transmissão de uma pessoa muito querida!

 

Achei o máximo e nunca mais me saiu da cabeça, tal e qual a música que eu não quero lembrar..." eu sem ti, quem era eu sem ti?...Do Tony!!!

 

Bom, agora que já fiz "estragos" suficientes na vossa cabecinha, sim porque ficaram TODOS/AS com uma vontade insana de cantarolar, pensem se não é verdade?

 

Todos precisamos de cuidar!!

 

Desengane-se quem pensa que está garantidinho/a e conquistadinho/a e que "não, ele/ela nunca seria capaz." E cuidado, muito cuidado com quem tem cara de "quem não parte um prato!!" .... Prefiro as carinhas que transpiram ..... por todo o lado do que quem não diz um "ai" e quando diz benze-se! 

 

É vital nas relações dosearmos as discussões e de vez enquando, pararmos de lhes "chagar" o juízo! E eles a nós, entenda-se!

 

Cuidado, muito cuidado com as infindáveis horas no trabalho.

 

Isto são ensinamentos das amigas mais velhotas que já viram muito e o que não viram... Viveram!

 

 

M.M.


Cigarrinho gostoso!

por Meninas Mulheres - M.M., em 06.09.15

Presentation2 (1).jpg

 Como é que vos vou explicar isto, sem que pensem  que estou a instigar ao vicio de FUMAR.

 

Bem, eu tenho a sorte de nunca me ter conseguido habituar a fumar, mesmo no tempo da faculdade em que fumava meio maço por dia e parava durante dois três meses e apetecendo-me lá fumava um ou outro.

 

Quando digo que gosto de pessoas que fumam um cigarro social, estou a falar de um ritual que só percebem algumas personalidades com estaleca, numa linguagem muda. . 

 

Vou ser mal interpretada, eu sei, mas se os poucos gostarem de me ler, é o bastante!

 

Pessoas que dizem, com a moral em alta:" Ai eu não vou, não fumo. E tu também não devias fumar. Só faz mal à saúde.!"

 

Tudo bem, mas se forem assim em tudo, esqueçam lá o titulo de Pablo Neruda "Confesso que vivi."

 

Ok, tudo bem!... Mas....

 

Já experimentaram fumar depois de fazerem amor de forma a que ficamos despentadas e com aquele sorriso?

 

Já experimentaram fumar com O Gupo de pessoas que gostam de estarem juntos numa pausa de um coffeebreak?

 

Já experimentaram fumar, um único cigarro, debaixo de uma oliveira acompanhado de uma amiga e de um rol de confições deliciosas?

 

Já experimentaram fumar numa varanda e colocarem a vossa vida em suspenso, em cada passa que dão, como se quando chegassem ao filtro pensassem que sairiam todas as boas soluções para que o que vos preocupam em silêncio?

 

É tão bom, tão excitante, tão delicioso e tão característico de um determinado perfil de pessoas, que não fazem nada por vicio, mas pelo PURO PRAZER (DES) CONTROLADO.

 

O que querem que vos diga?

 

Sabe-me bem!

 

Domingo bom.

 

M.M.

 

 


Verbo IR...

por Meninas Mulheres - M.M., em 04.09.15

31.jpg

 Acabei de ver um casal de vizinhos com malas, maletas e afins e a carregarem o carro com AQUELE SORRISO maravilhoso!

 

 

Desejo-lhes as melhores férias, mas eu também quero!!!! Lembrem-se da cara de uma criança, mimada e cheia da pinta, a dizer isto! 

 

Serei eu no auge da minha auto-estima!!!

 

M.M.


Os LIKES animalescos no FACE!

por Meninas Mulheres - M.M., em 03.09.15

30.jpg

Boa tarde caríssimas /as!

 

Eu seu, eu sei... A partir de agora vamos ter uma ou duas pessoas que por pura solidariedade nos vão seguir, mas TENHO QUE ESCREVER... Perdoem-me as outras M.M. ´s! AQUI VAI....

 

 

Toda a gente tem cãezinhos e gatunxus e afins e PUMBA fotos dos animaizinhos a dormirem com os filhos;solteiros/as a partilharem tubos de soro e patas com jesso e "n" de mensagem de solidariedade com o dito animal que sofre horrores. CALMA, eu não gosto de os ver a sofrer ( ainda há esperança, eu sei que é o que estão a pensar!!), mas ....

 

Eu vou dizer, posso?

 

Preparados?

 

Sou incapaz... O dedo não clica, o coração não treme, nada, "no passa nada" aqui dentro quando vejo uma foto de um animal todo deitado com um bebé num sofá....

 

Aliás, penso que se ele decide abrir a boca e dar espaço mental ao que ele é : "UM ANIMAL", a criança esta feita!!!! 

 

E ai sim, toda eu sou medo, muitooo medoooo... Ora digam lá: "MUITO MEEDDDOOO", com uma voz com classe, assim o espero!

 

Acreditem, para mim, os animais têm um espaço muito próprio e não me estou a ver a partilhar fotografias ou a chorar porque o dito/a está no veterinário e muito menos, como é possivel as pessoas escreverem "força, vai tudo correr bem!". (tentem dizer isto em voz alta como se estivessem a ver um jogo de futebol).

 

Não consigo!!

 

Eu gosto de bicharada, mas não os humanizo. Penso que seja só isso, não?

 

 

Vá... Crucifiquem-me!

 

M.M.


DESCONSTRUIR Fantasmas na cabecinhas das MULHERES!

por Meninas Mulheres - M.M., em 02.09.15

29.jpg

Quantas são as vezes que pego no telefone e ligo para um "deles".

 

Aprendi algo fundamental com o Guro mais velho, da minha Vida: conforme o assunto, muda o número de telemóvel. O seu a seu tempo e a pessoas diferentes.

 

Aprendi, sem culpas, que não temos que contar TUDO à mesma pessoa.

 

Bom, isto tudo para dizer que me considero uma pessoa cheia de sorte. Não sei se demasiado positivista em algumas coisas, mas afirmo isto com bastante convicção. 

 

Tenho pena e penso que são pessoas mesmo muito perigosas aquelas que não têm quem lhes desconstruam fantasmas que, naturalmente, vão criando.

 

O "Calma, não é bem por aí, não estás a ver bem a situação. A minha leitura sobre isso não é essa....", Fazem-nos "sacar o travão de mão", amolecer e repensar.

 

Fazem-nos, fundamentalmente, repensar algo:

 

PENSAR QUE TEMOS SEMPRE A RAZÃO. Vou ser light e digo mais: juntem-lhe o signo Sagitário e têm a mania da perfeiçao e BUMMMMMM....... 

 

Somos, em pensamento, nós, as mulheres, sabem??? Cavalos selvagens e os nossos pensamentos não andam a trote, mas sim a galope e são quatro patas a puxar, a puxar, a puxar.... O QUÊ???

 

ILAÇÕES.

 

Ah as ditas e vagabundas ilações. 

 

O maridão cá de casa repete a frase, num número infindável de vezes :" O quê? O que estás PRÁÍ (não há nada pior do que ele pensar que eu falo práí!!!!!! Só isso basta para tudo abanar!) a dizer? Eu não disse nada disso!!"

 

Não sei se consigo fazer-me compreender...

 

Só sinto!

 

Sou uma pessoa de sorte. Tenho DESCONSTRUTORES FABULOSOS na minha vida que não "os" deixam galopar!

 

Gosto de V/ escrever, sabem?

 

M.M.

Sobre as três..

foto do autor

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Favoritos